Skip to content

Tecnologia de última geração: o segredo para a agilidade nos negócios

Destreza nos negócios: É uma característica fundamental das empresas de grande sucesso. Estas aproveitam todas as oportunidades e rapidamente se lançam em novas linhas de produtos e mercados. Mas isso não acontece por acaso. Hoje em dia, a destreza requer uma transformação digital, razão pela qual as equipas de TI devem ter uma visão focada no futuro, sempre prontas a adotar a tecnologia de última geração.

Muitas destas equipas estão. De acordo com a Nemertes Research, 44% das organizações dizem que maior uma agilidade do TI” é o principal fator na adoção de comunicações na Cloud. Esta percentagem é 29% superior à do ano passado.

É claro que existem obstáculos a enfrentar. Um desses obstáculos passa pelo facto de que, nem sempre é fácil mover todos os serviços de uma empresa para a Cloud. Alguns, por exemplo, requerem acesso a bases de dados e sistemas de proprietários. Frequentemente, uma organização precisa de manter alguns serviços na sua infraestrutura já existente, enquanto passa algumas das aplicações importantes para o mundo online.

Um dos benefícios mais importantes da Cloud é que, esta permite a fácil adição de novas aplicações, serviços e licenças, promovendo a agilidade e estimulando a inovação. Embora, na atualidade, algumas aplicações em Cloud focadas no cliente não sejam flexíveis o suficiente, a tecnologia de última geração da comunicação em Cloud permite expandir os seus recursos.

Esses sistemas mais ágeis e abertos irão permitir às empresas a implantação rápida de aplicações de comunicação inovadoras, aproveitar os recursos dos programadores e criar uma ampla gama de soluções personalizadas.

Ao avaliar plataformas de Cloud de última geração, eis o que as equipas de TI devem exigir.

Aplicações prontas a utilizar. Todas as empresas utilizam uma gama de serviços de comunicação no dia a dia, incluindo ferramentas de colaboração e fluxo de trabalho. De modo a adaptar-se às necessidades de cada organização, a maioria irá exigir apenas mudanças modestas. Uma vez que estejam instaladas, os utilizadores conseguirão descarregar essas aplicações e utilizá-las para si mesmos e para os seus clientes. Idealmente, uma plataforma em Cloud deve oferecer um mercado que disponibiliza centenas de serviços sempre que necessário para qualquer funcionário da organização, facilitando o caminho para uma maior produtividade e novas interações máquinas a máquinas ou máquinas e pessoas. E o seu departamento de TI não deveria ter de desperdiçar tempo a gerir licenças ou a dar apoio ao software.

Acessibilidade. A App Store da Apple é um excelente exemplo do quanto se pode ganhar com uma plataforma que esteja disponível tanto para os programadores como para utilizadores. Todos conseguem beneficiar do trabalho e criatividade da comunidade de programadores, da racionalização dos fluxos de trabalho à transformação da experiência do cliente e muito mais.

Aplicações personalizadas. O “tamanho único” é a receita para o desastre, no que toca a diferenciação comercial. Para criar um valor excecional para os seus clientes, as empresas devem obrigatoriamente criar aplicações que atendam às necessidades específicas dos seus funcionários, segmentos de mercado individuais e fluxos de trabalho internos.

De comercialização rápida. Os mercados intensamente competitivos exigem ciclos de desenvolvimento de produtos significativamente mais curtos. As equipas responsáveis por produtos, procuram uma plataforma que lhes permita desenvolver uma ideia, validar o conceito e entregá-lo ao mercado no espaço de semanas.

Escalabilidade. Desde o início, a capacidade de aumentar e diminuir a escala tem sido um benefício importante das comunicações em Cloud. As plataformas de última geração devem expandir essa promessa, atuando como uma porta de entrada para outros sistemas. Essas plataformas deverão preencher a lacuna entre a infraestrutura existente e a Cloud.

As necessidades de comunicação variam de acordo com o setor ou grupo de clientes. Um concultório médico pode precisar de um serviço de lembrete de consulta para notificar enfermeiros, médicos e pacientes. Por outro lado, um hotel pode adaptar a sua aplicação móvel para oferecer mais vantagens aos membros de elite do seu programa de prémios. A plataforma de última geração deve permitir que os developers de TI modifiquem as aplicações existentes e as implantem sem grandes esforços.

Esses são apenas alguns dos requisitos que as equipas de TI devem exigir de uma plataforma de tecnologia de última geração. As comunicações em Cloud mais flexíveis irão garantir que os seus negócios possam inovar, diferenciar e monetizar produtos e serviços – tudo com um risco menor e um custo menor.

Achou este artigo útil? Partilhe:
Tópicos
Artigos Mais Lidos
Subscrever newsletter
Artigos Relacionados

Como as grandes comunicações levam a grandes experiências para os clientes

Experiências - boas e más - muito provavelmente descobrirá que a sua comunicação com a empresa em questão foi central para a sua experiência.
Ler mais

Quando se trata do seu sistema de comunicações, a complacência é um negócio arriscado

Todos podemos pensar em exemplos em que os fatores de risco associados à tentativa de melhorar um sistema a funcionar perfeitamente ultrapassariam muito provavelmente as recompensas.
Ler mais

Os piores erros dos clientes num mundo híbrido e como corrigi-los

À medida que as empresas reabrem os seus edifícios de escritórios, muitos colaboradores vão passar do trabalho remoto para o trabalho híbrido, expandindo a sua pegada geográfica ao mesmo tempo que continuam a misturar trabalho e vida doméstica.
Ler mais

A preparar-se para gerir uma equipa híbrida? 5 hacks para que funcione

Quando as empresas passaram para o trabalho remoto no início da pandemia, os seus líderes e supervisores aprenderam a gerir uma equipa de trabalho virtual.
Ler mais