Skip to content

O trabalho remoto chegou para ficar?

Mesmo antes do COVID-19 dar um ar de sua graça, a ideia de trabalho remoto não era nova. Mas, em apenas alguns meses, a pandemia forçou um número esmagador de empresas a permitir que, pelo menos, alguns dos seus colaboradores trabalhassem a partir de casa. Embora muitos esperassem que a mudança fosse temporária, um grande número de colaboradores ainda está a conectar-se de casa, sem haver aparentemente um fim à vista.

Na verdade, as estatísticas mostram que um certo grau de trabalho remoto pode ter mesmo vindo para ficar. De acordo com a Gartner, mais de 80% dos líderes empresariais afirmam que a sua empresa vai permitir que os colaboradores continuem a trabalhar remotamente pelo em part-time. Quase metade, 47%, tem planos para permitir que os colaboradores mudem para trabalho remoto permanente.

Também digno de nota: o dia de trabalho mudou. O Gartner descobriu que muitas empresas pretendem oferecer aos funcionários horários flexíveis (43%) ou dias flexíveis (42%). Cerca de 15% pretende mudar para uma semana de trabalho de quatro dias de 10 horas.

De qualquer forma, o local de trabalho foi alterado pela pandemia. E à medida que surge este novo cenário, as empresas enfrentam benefícios e desafios ao lidar com colaboradores e clientes. As empresas devem navegar por este novo terreno enquanto mantêm os clientes e os colaboradores interessados. Felizmente, a tecnologia de comunicação necessária para dar suporte a uma força de trabalho remota ou híbrida já está disponível, o que possibilita que as empresas possam oferecer suporte a uma mudança permanente para o trabalho remoto e flexível.

Os prós e contras do trabalho remoto

Existem benefícios tangíveis para as empresas que adotam permanentemente o trabalho remoto. Em particular, para as pequenas e médias empresas, que podem obter economias significativas eliminando ou reduzindo os custos associados ao espaço do escritório, como aluguer, utilidades e economato. As empresas também podem passar a ter uma rede mais ampla de procura de colaboradores , uma vez que estes não vão precisar de estar fisicamente no escritório. Podem descobrir talentos completamente novos, e oferecer um trabalho remoto permanente.

Embora a maioria das pessoas não goste da quarentena ou do distanciamento social, a verdade é que a maioria dos colaboradores prefere trabalhar remotamente. Horários flexíveis e a eliminação das deslocações são apenas dois motivos pelos quais 98% dos trabalhadores remotos prefere continuar a trabalhar a partir de casa, de acordo com a Pesquisa de Estado do Trabalho Remoto da Buffer e AngelList. As empresas que continuam a permitir o trabalho remoto – todo ou parte do tempo – podem beneficiar de uma força de trabalho mais feliz e incentivada.

Embora os gestores possam preocupar-se com a produtividade dos trabalhadores remotos, estudos mostram que não há motivo para alarme. Uma pesquisa com 800 empresas empregadoras revela que 94% viu a produtividade dos funcionários permanecer a mesma ou melhorar no dia de trabalho nesta pandemia. Também fizemos a nossa própria pesquisa com gestores e decision makers de PMEs e descobrimos que 52% viram melhorias na produtividade quando os seus colaboradores trabalharam a partir de casa.

Obviamente, esses benefícios só são possíveis quando as empresas oferecem ferramentas e tecnologias de comunicação que capacitam os colaboradores a fazer o seu trabalho com sucesso e eficácia a partir de casa. Por exemplo, uma solução de comunicação integrada que combina vídeo, voz e chat facilita a comunicação entre os colaboradores, gestores e clientes. Estes podem partilhar facilmente ficheiros, notas e imagens, tornando a colaboração simples, independentemente de o facto de a equipa estar em casa ou no escritório.

Apesar dos seus benefícios, o trabalho remoto também apresenta alguns desafios. Pode ser difícil oferecer aos colaboradores uma experiência perfeita quando estão a trabalhar em casa ou alternando entre os dias no escritório e casa.

Uma plataforma de comunicação unificada que forneça uma experiência única em vários dispositivos supera esse obstáculo. Independentemente da localização, os colaboradores têm acesso ao mesmo pacote de comunicação e colaboração e podem alternar facilmente entre um dispositivo e outro – sem interromper o fluxo de trabalho. Uma solução baseada na cloud que inclui serviço de contact center mantém os colaboradores remotos conectados aos clientes, para que não precisem de se preocupar em perder o contato durante esse período crítico.

Manter a identidade corporativa é outro desafio que acompanha o trabalho remoto permanente. Na pesquisa do Gartner, cerca de 30% dos proprietários de empresas expressaram preocupação com isso. Uma das melhores formas de sustentar a cultura corporativa é praticar a continuidade e a comunicação regular com os colaboradores, independentemente da sua localização.

As empresas devem ter mais um canal para chegar aos funcionários. O vídeo, em particular, é uma excelente forma de manter o contacto e interesse, mas também é importante para incentivar os colaboradores a interagir uns com os outros. Ferramentas como ecrãs partilhados e áreas de trabalho inteligentes podem ajudá-lo neste campo.

As empresas que pretendem superar os desafios do trabalho remoto precisam investir na tecnologia certa. Na nossa pesquisa, descobrimos que 20% das PMEs têm planos para implementar soluções para suportar trabalho remoto, incluindo suporte remoto de TI e ferramentas de colaboração cloud. Embora seja uma boa indicação de que as empresas entendem mesmo a importância de investir na tecnologia certa, incentivamos cada vez mais pessoas a fazer o mesmo.

Quem está a fazer a mudança permanente?

Empresas de todos os tamanhos e em todos os setores já assumiram um compromisso a  longo prazo com acordos de trabalho remoto ou híbrido. Alguns até deram aos colaboradores a escolha de como vão trabalhar quando todas as restrições forem suspensas.

A lista de empresas que adotam essa abordagem está a ficar cada vez maior e com nomes de grande destaque. Apenas alguns exemplos: 

A Google estendeu as suas políticas de trabalho remoto até ao verão de 2021 e está a fazer planos para acomodar uma solução de trabalho remoto permanente.

O Twitter anunciou em maio que os colaboradores têm a opção de trabalhar em casa de forma permanente.

A Microsoft está a permitir que os colaboradores trabalhem em casa caso-a-caso, mas também lhes dá a opção de trabalhar em casa menos da metade do tempo, sem precisar de aprovação.

A REI vendeu um campus empresarial de oito hectares como parte da sua mudança para tornar o trabalho remoto uma ocorrência regular.

A American Express está a dar aos colaboradores a opção de ficar em casa e também alargou a sua política de trabalho remoto até final de junho de 2021.

No final de julho, a Zillow disse que permitirá que os colaboradores trabalhem em casa permanentemente.

A Nielsen está a converter alguns dos seus escritórios em espaços de reunião para colaboradores, para que estes possam reunir-se pessoalmente depois da pandemia passar, enquanto continuam a trabalhar em casa na maior parte do tempo.

A Coinbase está a permitir que a maioria dos colaboradores trabalhe em casa indefinidamente. Assim que as restrições forem suspensas, os colaboradores que pretendam voltar ao escritório, poderão fazê-lo, a full ou part-time.

Esta é apenas uma pequena amostra de algumas das empresas que perceberam que os modelos de trabalho remoto e híbrido realmente oferecem uma forma sustentável de gerir  negócios produtivos e bem-sucedidos. Com as ferramentas e tecnologia de comunicação certas, as empresas podem manter os funcionários conectados, os clientes interessados e executar as operações diárias a partir de qualquer lugar ou dispositivo.

Achou este artigo útil? Partilhe:
Tópicos
Artigos Mais Lidos
Subscrever newsletter
Artigos Relacionados

Quando se trata do seu sistema de comunicações, a complacência é um negócio arriscado

Todos podemos pensar em exemplos em que os fatores de risco associados à tentativa de melhorar um sistema a funcionar perfeitamente ultrapassariam muito provavelmente as recompensas.
Ler mais

Os piores erros dos clientes num mundo híbrido e como corrigi-los

À medida que as empresas reabrem os seus edifícios de escritórios, muitos colaboradores vão passar do trabalho remoto para o trabalho híbrido, expandindo a sua pegada geográfica ao mesmo tempo que continuam a misturar trabalho e vida doméstica.
Ler mais

A preparar-se para gerir uma equipa híbrida? 5 hacks para que funcione

Quando as empresas passaram para o trabalho remoto no início da pandemia, os seus líderes e supervisores aprenderam a gerir uma equipa de trabalho virtual.
Ler mais

Os pilares de uma parceria forte: construir juntos na confiança mútua

A parceria entre um vendedor e os seus revendedores é uma parceria fundamental que necessita de muita confiança mútua. Cada parte confia na outra para os ajudar a alcançar o sucesso e a subsistência.
Ler mais