Skip to content

A procura por uma cultura empresarial autêntica na era digital é um objectivo crítico para qualquer organização

À medida que as empresas abraçam o trabalho híbrido e remoto, os departamentos de recursos humanos começaram a reorganizar as suas prioridades. Quando questionados sobre o que consideravam ser o seu papel principal nas suas organizações em 2021, 65% dos profissionais de RH apontaram para “manter os funcionários envolvidos e construir uma cultura empresarial de suporte”, de acordo com um inquérito recente. Isto representa um aumento de 21 por cento desde 2020.

As equipas de RH estão desesperadas para proteger e manter a cultura da empresa porque é um reflexo direto dos valores fundamentais de uma organização. Estes valores definem a reputação dentro da indústria e entre os potenciais clientes. Para criar uma cultura autêntica e potenciar o envolvimento dos funcionários, uma empresa deve suportar os valores que anuncia, em vez de os usar apenas como palavras-chave.

A experiência de trabalho à distância não tem sido igual para todos. Alguns funcionários têm-se encontrado a trabalhar a partir de casa ao lado de parceiros, crianças e animais de estimação. Outros passaram meses a viver e a trabalhar isolados. Recentemente, algumas empresas começaram a reabrir os seus escritórios físicos. Mas enquanto alguns trabalhadores regressaram aos seus escritórios, outros ainda estão a trabalhar remotamente. Em suma, nem todos trabalhadores estão a usar o mesmo espaço físico ou a partilhar os mesmos fatores externos ou pessoais.

Esta falta de pontos em comum pode fazer com que os funcionários se sintam desmotivados e desligados não só dos seus colegas de equipa, mas da sua empresa como um todo. As empresas devem adoptar uma maior flexibilidade, transparência e empatia para dar a cada empregado o apoio único que as suas circunstâncias exigem.

Os profissionais de RH podem começar por fazer perguntas como “Como está a fazer” e “O que pode a nossa empresa fazer para melhor o apoiar”? Os profissionais de RH devem ter o cuidado de ouvir ativamente as respostas. O passo seguinte – tomar medidas para conduzir a mudança – pode parecer assustador, mas as ferramentas de comunicações unificadas (UC) podem ser usadas para construir uma cultura de trabalho inclusiva e autêntica, independente de um local físico.

A substituição do local de trabalho físico por um espaço de colaboração

Qual é a primeira coisa que vem à mente quando se tenta definir “cultura corporativa”? O escritório físico é talvez a primeira. Historicamente, o ambiente de trabalho tem tido uma influência de grande dimensão na identidade corporativa, produtividade dos funcionários, satisfação no trabalho e moral.

Escritórios com pontos diferenciadores como mesas de ping pong e mesas de matraquilhos encorajaram uma cultura de empresa mais divertida, onde os funcionários podiam fazer ligações uns aos outros através de alguma competição ligeira. Algumas empresas equiparam os seus espaços com salas de sesta e estúdios de yoga, prometendo assim uma cultura empresarial baseada no bem-estar e na saúde mental.

No entanto, as organizações em transição para o trabalho híbrido ou mesmo totalmente remoto já não podem confiar em espaços físicos e atividades presenciais para criar a cultura da empresa. Mas isso não significa que apoiar a felicidade ou o bem-estar dos funcionários deva ser posto de lado.

Realisticamente, uma cultura de empresa autêntica hoje em dia é muito diferente da pré-pandémica. As necessidades e os valores dos funcionários evoluíram. Em vez de especular sobre formas de reanimar a cultura antiga e recriá-la, as empresas deveriam estar a utilizar o input dos funcionários para visualizar e criar uma nova cultura que transcenda os limites do espaço físico.

Como criar uma autêntica cultura de empresa utilizando a UC

Das organizações que indicaram uma transformação significativa desde o início de 2020, 75% relataram que esperam estar significativamente mais dependentes do trabalho à distância, de acordo com um inquérito recente. Não surpreendentemente, 69 por cento disseram também que esperam estar significativamente mais dependentes da tecnologia para a colaboração interna. As ferramentas de comunicações unificadas podem ajudar as empresas a alcançar a equidade no local de trabalho num ambiente de trabalho híbrido, proporcionando a todos os funcionários, independentemente da sua localização, oportunidades iguais de colaboração, apoiando assim uma cultura empresarial inclusiva.

Durante um episódio do podcast Tomorrow’s Tech Today, a professora Sally Eaves entrevistou Dave Silke, Diretor de Marketing da Mitel. Depois de discutir a necessidade de redefinir o aspecto do local de trabalho e do espaço de escritório neste momento na história, Eaves brincou que a colaboração poderia ser a nova palavra para escritório. Talvez ele esteja a pensar em algo concreto. Afinal, a colaboração e a participação são parte integrante de qualquer cultura empresarial. Embora os funcionários possam não partilhar o mesmo espaço físico, podem partilhar o espaço na nuvem. Aqui estão algumas das formas como as organizações podem utilizar ferramentas de colaboração como as da Mitel para criar e apoiar a cultura da empresa:

  • Alavancar as ferramentas de videoconferência para assegurar que tanto os funcionários em escritório como os funcionários remotos se mantenham informados e empenhados em tópicos importantes, quer estejam relacionados com um próximo projeto ou com o último romance do clube do livro de escritório. É importante que os funcionários se sintam envolvidos e valorizados em igualdade de tempo.
  • Criar espaços de trabalho partilhados onde os funcionários podem trocar ficheiros e documentos e armazená-los num único local. Isto pode minimizar o cansaço de reuniões virtuais reduzindo o número de chamadas de vídeo e facilitar a colaboração entre fusos horários e localizações geográficas.
  • Grave as reuniões quando não puder estar presente e recupere o que perdeu ao ouvir as gravações posteriormente. Esta funcionalidade permite aos funcionários alcançar um melhor equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal, mantendo-se *envolvidos*.
  • Utilizar ferramentas de monitorização da UC para acompanhar a conclusão dos projecto e os marcos de entrega, em vez de apenas o tempo gasto num determinado projetos. Os funcionários têm mais poder quando são capazes de gerir os seus fluxos de trabalho individuais.

Uma cultura empresarial autêntica é aquela que se pode adaptar para incluir todos os funcionários, permitindo-lhes serem eles próprios tanto profissionalmente como pessoalmente. Para criar uma cultura autêntica e redefinir o que é o local de trabalho e o espaço, as empresas devem dedicar tempo a ouvir as necessidades e os desejos dos seus funcionários. Devem permitir aos trabalhadores identificar os seus métodos ideais de colaboração, bem como determinar como irão equilibrar a sua vida profissional e pessoal.

Não há dois funcionários que trabalhem da mesma forma, e as ferramentas de UC podem ser utilizadas para acomodar diferentes abordagens para alcançar os objectivos. Os funcionários que trabalham melhor independentemente podem preferir aproveitar os espaços de trabalho partilhados para colaborar, em vez de trabalharem através de videochamadas. Por outro lado, os funcionários que prosperam num ambiente de grupo podem ser mais produtivos e eficientes quando podem encontrar-se virtualmente e partilhar documentos no ecrã para receber feedback instantâneo e soluções de brainstorming. O acesso de toda a empresa a estas ferramentas garantirá que todos os funcionários possam envolver-se e trabalhar de forma produtiva.

Então, como podem as empresas criar uma cultura autêntica? Ouvindo os seus funcionários, compreendendo os desafios que enfrentam e fornecendo-lhes a flexibilidade e as ferramentas de que necessitam para se sentirem parte de uma comunidade, em vez de apenas engrenagens numa máquina.

Informações imprensa

Para mais informações contactar EDC – Design e Comunicação

Achou este artigo útil? Partilhe:
Tópicos
Artigos Mais Lidos
Subscrever newsletter
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.
Artigos Relacionados

Dominar a harmonia entre a vida profissional e pessoal: Estratégias para o equilíbrio

Nos últimos anos, é possível que tenha acompanhado o tema do equilíbrio entre a vida profissional e a vida privada. Uma vez que cada vez menos pessoas trabalham a tempo
Ler mais

Podcast: Impulsionar o sucesso através de parcerias com April Miller

Recentemente nomeada como CRN Channel Chief 2024, April Miller é a VP de programas de vendas globais da Mitel.
Ler mais

Os telefones de secretária ainda são relevantes no atual ecossistema de comunicações?

A pergunta sobre o papel do telefone de secretária tradicional nesse novo ambiente é inevitável - ainda acrescenta valor?
Ler mais

5 Formas De Fazer Uma Limpeza De Primavera Nas Suas Ferramentas De Comunicação

Que tal fazer uma “limpeza de primavera” às suas ferramentas de comunicação? O colaborador utiliza, em média, 17 aplicações diferentes na nuvem, três serviços de partilha de conteúdos e três ferramentas
Ler mais