Skip to content

IA e Machine Learning: os próximos parceiros nos cuidados de saúde

A Inteligência Artificial (IA) e a Machine Learning (ML) estão a demonstrar um papel importantíssimo na indústria da saúde. Com a adoção da telemedicina durante a pandemia do COVID-19 e a necessidade de reduzir os custos durante o tratamento de inúmeros pacientes, a IA e a ML podem transformar o setor médico

Com muitos fornecedores ainda a debaterem-se para preencher as posições vazias, a tecnologia poderá ajudar a aliviar o trabalho dos profissionais de saúde, melhorando assim, os cuidados prestados aos pacientes e a produtividade e eficácia operacional dos trabalhadores. A IA e a Machine Learning são ferramentas vitais para os médicos gerirem, analisarem e partilharem informação de forma eficiente e rápida.

Definição de IA e ML no contexto dos cuidados de saúde

A inteligência artificial utilizada nos serviços médicos, usa algoritmos e softwares para classificar, analisar e apresentar dados médicos complicados de forma mais simplificada. Utilizando o Machine Learning, a Inteligência Artificial é melhorada, aperfeiçoando o desempenho através da entrada de feedback contínuo. O processamento de linguagem natural (PLN) permite a estes programas compreender textos escritos e áudios – tais como SMS ou avisos de consultas – de forma semelhante aos seres humanos.

Tecnologia de cuidados de saúde e IA no mercado global 

A tecnologia médica é um mercado em grande escala. Prevê-se que as receitas mundiais dos dispositivos e produtos clínicos atinjam 531,32 mil milhões de euros em 2023 e 643,66 mil milhões de euros em 2027, com uma taxa de crescimento anual composta em 4,91% em geral. Os Estados Unidos, detêm a maior quota de mercado, com 183,22 mil milhões de euros em receitas esperadas em 2023. As receitas da tecnologia médica na Inglaterra, também deverão apresentar um crescimento constante, com uma projeção de 18,02 mil milhões de euros para 2023 e um crescimento anual composto previsto de 3,83% entre 2023 e 2027.  

Enquanto a tecnologia da saúde continua a crescer constantemente, o setor da IA continua em expansão. A dimensão do mercado global de IA nos cuidados de saúde, está avaliada em 13,85 mil milhões de euros em 2022 e prevê-se que aumente para 172,35 mil milhões de euros até 2030, com um crescimento anual composto de 37%. Embora a América do Norte detenha 58,1% da quota de mercado em 2021, a região da Ásia Pacifico irá aumentar em 30,7% no crescimento anual composto até 2030. 

Elevados níveis de pacientes remotos e presenciais e a falta de mão-de-obra a nível global, conduzem para o rápido desenvolvimento da IA na área da saúde. Cada registo de pacientes requer certos passos e gera dados que a IA pode ajudar a analisar e processar, incluído: 

  • Armazenamento e gestão de relatórios digitais de saúde 
  • Agendamento de analises e marcação de consultas
  • Acompanhamento e pedidos de receitas médicas
  • Tratamento de referências
  • Apresentação e gestão de reclamações de seguros
  • Acompanhamento e cuidados contínuos para diagnósticos crónicos 

Os líderes dos serviços de saúde estão a dar prioridade aos investimentos em tecnologia de Inteligência Artificial. Em 2021, 19% dos líderes dos serviços de saúde estavam concentrados em investir na IA, a fim de otimizar a eficácia operacional. Ainda assim, espera-se que este número duplique até 2024 – além disso, 40% planeia investir ainda mais em tecnologias preditivas de IA nos próximos anos.  

Aplicações para IA e ML nos cuidados de Saúde 

A Tecnologia de Inteligência Artificial está a tornar-se intrinsecamente ligada ao sistema de saúde, desde portais de pacientes e faturação, a imagens e diagnósticos digitais. Cada interação gera dados, seja em documentos de texto ou ficheiros de imagem em sistemas de registos de saúde eletrónicos. Anteriormente, organizar esta informação necessitava de mão-de-obra humana, mas com a IA que tem capacidades de ML e PLN utiliza algoritmos que rapidamente fornecem a informação que deseja. 

Um sistema integrado de comunicações unificadas – construído para os cuidados de saúde – trabalha em conjunto com a IA e o ML, de modo a promover a colaboração e comunicação constante, a melhorar a qualidade dos serviços, a aumentar a capacidade clínica e a reduzir os custos.  

As Comunicações Unificadas (CU) para os cuidados de saúde ajudam a facilitar as ligações entre doentes, profissionais e investigadores. A cada tarefa que a IA realiza, contribui com mais dados para a fonte. 

A IA, ML e as CU estão a ajudar as organizações de saúde a ultrapassar alguns dos maiores desafios.

Automatização de tarefas administrativas

A maioria dos procedimentos de cuidados de saúde envolve tarefas essenciais, mas repetitivas, como o envio de lembretes de marcação de consultas, tratamento de reclamações de seguros, preenchimento de códigos de faturação, ou análise de registos médicos. Estes processos ocupam um tempo significativo aos colaboradores. 

Por outro lado, a IA distingue-se pela rapidez com que trata dados não estruturados. A ML e PLN analisam facilmente a informação extraída do sistema de registos de saúde eletrónicos e sintetizam-na em simples relatórios, de forma a simplificar o trabalho dos funcionários. Com os dados do sistema de registo de saúde eletrónico na cloud, a IA pode facilmente fazer coisas como: 

  • Gerir as comunicações dos pacientes
  • Recolher registos de doentes em diferentes bases de dados 
  • Organizar marcações e horários 
  • Enviar receitas medicas 
  • Solicitar o feedback dos pacientes

Os sistemas de registos de saúde eletrónicos contêm frequentemente informações sensíveis e podem exigir certificações para que certas pessoas possam aceder. A IA remove esta barreira, protegendo a privacidade do paciente enquanto entrega prontamente os documentos à pessoa correta. 

Muitas das comunicações realizadas pelas clínicas, podem ser geridas de forma eficiente a partir de uma interface de comunicação unificada, focada nos cuidados de saúde. A IA e os sistemas integrados de comunicação e colaboração, minimizam a possibilidade de erros humanos, ao mesmo tempo que reduzem os custos. A racionalização dos fluxos de trabalho permite aos funcionários concentrarem-se em interações de maior valor com os pacientes, contribuindo para uma melhor qualidade dos cuidados de saúde. 

Melhorar a experiência do paciente

Os sistemas de saúde modernos, muitas vezes realizados à distância ou de forma rápida, com o objetivo de tratar do maior número de casos possíveis, podem parecer insensíveis e indesejáveis. Os pacientes que sentem que estão a ser tratados como um número e não como um ser humano têm menos probabilidades de regressar para receber os devidos cuidados médicos. 

Com a incorporação da IA no atendimento dos pacientes, os resultados clínicos começam a ser mais positivos e a há uma maior satisfação do paciente. Desde a telemedicina a dispositivos viáveis e de monitorização remota, a tecnologia liga os pacientes aos profissionais de saúde 24 horas por dia, 7 dias por semana. Com o acesso direto aos seus cuidados de saúde a partir de qualquer dispositivo, os pacientes têm mais poder relativamente à sua experiência. 

A IA com o processamento de linguagem natural, tal como o ChatGPT, pode gerir as comunicações básicas, ajudando com os pedidos simples ou redirecionando para um operador. O software de IA pode aceder instantaneamente à informação do paciente e fornecer respostas precisas de forma personalizada. 

A monitorização dos pacientes melhora os serviços das ambulâncias, permitindo aos pacientes recuperarem no conforto das suas casas. A IA acompanha os pacientes através de dispositivos Wi-Fi, dando aos médicos atualizações continuais sobre o estado dos pacientes e alertando-os se algo mudar. O tratamento remoto, reduz os custos hospitalares, tanto para os pacientes como para as instituições de saúde. 

As soluções de CU trabalham em conjunto com a IA, com o objetivo de melhorar os cuidados dos pacientes. Por exemplo, a tecnologia de resposta de voz integrada (RVI), consegue automatizar respostas a consultas de rotina 24 horas por dia, garantindo aos utentes o acesso à informação e assistência que necessitam.  

Aumentar a produtividade e satisfação dos colaboradores

A IA e o ML podem ser uma grande ajuda. Embora a prática médica seja deixada para os profissionais, estas duas tecnologias têm a capacidade de ajudar na tomada de decisões clínicas e no melhoramento da produtividade. 

Por exemplo, um profissional de saúde poderia carregar um rai-X para a IA de diagnóstico, que utilizara o reconhecimento de padrões para identificar possíveis indicadores de uma doença. A tecnologia da PLN pode anotar dados de um exame na base de dados e sugerir um tratamento. 

A Machine Learning pode ajudar a tornar os diagnósticos mais precisos, devido à constante atualização da tecnologia com as últimas pesquisas. A analise previa é capaz de sintetizar documentos, estudos e dados, com o objetivo de identificar tendências e prever resultados mais rápidos do que o humano. 

Os profissionais de saúde estão frequentemente sobrecarregados devido ao elevado número de doentes. As aplicações moveis de CU assistidas pela IA colocam os fluxos de trabalho e as comunicações nas mãos dos profissionais. Com o acesso rápido à informação dos pacientes, os Médicos passam menos tempo à procura dos documentos e mais tempo a tratar os pacientes. Com capacidades de integração protegidas por sistemas tecnológicos de informação, permite aos profissionais de saúde colaborar através da rede de cuidados, poupando tempo e melhorando os fluxos de trabalho. 

Mitel e IA: Parceiros em comunicações unificadas de cuidados de saúde

A IA e o ML são mais do que apenas tecnologias, são parceiros críticos na experiência dos cuidados de saúde moderna. A integração da IA na medicina, melhora os resultados clínicos ao fornecer apoio orientado por dados aos pacientes e profissionais de saúde. 

As soluções de cuidados de saúde da Mitel utilizam a IA, de modo a racionalizar os fluxos de trabalho e automatizar tarefas repetitivas. Desde a triagem de chamadas de pacientes através do Mitel Contact Center, até à coordenação de horários com software de otimização da força de trabalho. 

A Mitel melhora a experiência dos pacientes e dos profissionais de saúde.

Informações imprensa

Para mais informações contactar EDC – Design e Comunicação

Achou este artigo útil? Partilhe:
Tópicos
Artigos Mais Lidos
Subscrever newsletter
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.
Artigos Relacionados

O Campus Conectado: Os 5 Principais Benefícios dasComunicações Unificadas para Faculdades eUniversidades

Em todo o mundo, há conversas importantes nas salas de aula das universidades e nas salas deaula das faculdades – mas não são as únicas trocas de informações vitais no
Ler mais

3 grandes razões para considerar uma infraestrutura híbrida para as comunicações empresariais

Durante anos, o principal objetivo dos decisores de TI e de telecomunicações foi transferir as comunicações para a nuvem. Os observadores do setor impulsionaram a sabedoria convencional que sugeria que
Ler mais

Sourcewell Vs. Rfp: Duas Formas De Comprar Um Sistema Telefónico

Trabalha para uma agência governamental, educativa ou instituição sem fins lucrativos? Pode escolher entre duas opções quando estiver pronto para adquirir um sistema de comunicações – ambas satisfazem os seus
Ler mais

Mitel nas Notícias: 5 Histórias que pode ter perdido em janeiro

Janeiro é sinónimo de ano novo, mas sabia que era também o Mês do Chá Quente? É claro que uma chávena de chá é, desde há muito, uma bebida reconfortante
Ler mais