Skip to content

Como podem as Soluções de Voz melhorar a produtividade do pessoal da área de Saúde

Não é segredo que uma comunicação sem falhas é crucial para as organizações médicas se tornarem eficientes. Para oferecer o mais alto padrão de atendimento possível num ambiente de alta pressão, as equipas e o pessoal da área de Saúde precisa de ser capaz de pensar com rapidez e trocar informações críticas muito rapidamente.

As instalações clínicas altamente eficientes dependem de plataformas de comunicações desenvolvidas especificamente para os cuidados de saúde, com vantagens das soluções de voz, como sistemas telefónicos virtuais integrados, audioconferência e capacidades de centro de contacto. Estas ferramentas permitem o contacto em tempo real entre o pessoal hospitalar, mesmo em locais médicos diferentes, para comunicações críticas no momento.

Uma comunicação eficaz conduz a um trabalho de equipa mais vital e a uma maior produtividade do pessoal de saúde para as organizações médicas em situações de emergência. Isto leva a experiências elevadas dos funcionários, maior satisfação dos pacientes e melhores resultados clínicos.

Como medir a produtividade nos cuidados de saúde

Medir a produtividade do pessoal é essencial para compreender a eficácia de uma prática de cuidados de saúde, especialmente quando se trata de manter cuidados de elevada qualidade aos doentes. Existem várias métricas importantes no complexo ambiente médico para avaliar a produção dos funcionários e melhorar a experiência do paciente.

Definir e avaliar KPIs

O primeiro passo para avaliar a produtividade dos funcionários é identificar os principais indicadores de desempenho da organização. Estes podem ser relativos ao número de pacientes atendidos, ao tempo despendido com cada paciente, aos rácios de funcionários por paciente ou a qualquer outra métrica relevante para objetivos de produtividade específicos.

Monitorizar a satisfação e a retenção dos doentes

O feedback dos pacientes é um recurso inestimável para os prestadores de cuidados de saúde determinarem a eficácia dos seus cuidados e a forma como os pacientes se sentem em relação aos seus prestadores de cuidados. Os inquéritos e formulários de feedback fornecem informações sobre a experiência do paciente, enquanto as taxas de retenção são uma medida quantitativa da satisfação do paciente.

Monitorizar a duração das consultas e os tempos de espera

Outra forma quantitativa de medir a produtividade do pessoal é através da distribuição do tempo passado com os pacientes. Se as visitas forem relativamente rápidas, mas os tempos de espera forem mais longos do que o esperado, isso pode indicar uma fraca produtividade. Por outro lado, visitas mais curtas e mais eficazes em termos de tempo, associadas a tempos de espera mínimos, podem ilustrar a eficiência operacional.

Rever os orçamentos

O resultado final é essencial para qualquer organização, mas é especialmente crítico no sistema de saúde, muitas vezes subfinanciado. Avalie os orçamentos para detetar sinais de despesas excessivas, tais como horas adicionais faturáveis em tarefas repetitivas, como papelada e relatórios, o que pode indicar um desempenho insuficiente ou espaço para melhorias na produtividade do pessoal.

4 dicas para maximizar a produtividade do pessoal com ferramentas de comunicação de voz

Existem vantagens significativas na implementação de soluções robustas de comunicações de voz num ambiente de cuidados de saúde. Garantir uma troca de informações estável e fiável pode melhorar drasticamente o fluxo de trabalho e aumentar a produtividade.

Considere seguir estas dicas para melhorar as comunicações de voz na sua organização, a fim de maximizar a eficiência do pessoal e garantir os melhores resultados para os pacientes.

1. Utilize ferramentas de comunicação integradas para aceder facilmente a informações importantes.

Os médicos localizam frequentemente informações de contacto, registos de pacientes ou outros documentos vitais. Uma plataforma de comunicações unificadas com uma nuvem centralizada prontamente disponível ou uma rede no local fornece conetividade perfeita para acesso rápido a dados críticos.

Um sistema de comunicações com capacidades API pode integrar-se com o software de gestão da relação com o cliente de um centro de cuidados. Utilizando esta interface, um prestador de cuidados pode facilmente clicar para telefonar a um doente para analisar os sintomas, com os seus registos e historial médico na ponta dos dedos.

2. Tirar partido dos sistemas de voz para reforçar o trabalho em equipa e a colaboração.

As ligações de voz em tempo real permitem a transmissão de instruções de emergência claras e precisas para salvar vidas. Outros textos ou conversas pessoais são muitas vezes impraticáveis ou impossíveis, e falar é a melhor opção. As soluções de comunicação eficazes para os cuidados de saúde garantem ligações atempadas e fiáveis entre colegas em situações cruciais.

No caso de um evento hospitalar crítico, os médicos e os enfermeiros precisam de poder pegar rapidamente num telefone para contactar a sua equipa e planear um curso de ação. A discussão de tratamentos e a partilha de documentos podem ser fundamentais para o sucesso dos resultados dos doentes.

3. Prestar melhores cuidados aos doentes com soluções de comunicação.

Demasiadas vezes, a imensidão da tecnologia médica é complicada e requer tempo e formação para ser utilizada de forma eficiente. As soluções de voz eficazes são fáceis de utilizar e eliminam o stress das comunicações para que o pessoal médico se possa concentrar naquilo que faz melhor: cuidar das pessoas que estão ao seu cuidado.

Quando ocorre uma emergência, os socorristas precisam de se concentrar nos seus doentes, em vez de tentarem descobrir como aceder às informações de contacto do médico correto ou procurar registos de doentes em diferentes sistemas. Uma plataforma unificada armazena toda esta informação numa interface fácil de utilizar para uma eficiência máxima.

4. Melhorar a segurança e a conformidade dos doentes e dos prestadores de cuidados de saúde.

À medida que as ferramentas de comunicação dos cuidados de saúde se tornam mais sofisticadas, as preocupações com a segurança tornam-se mais críticas. Os sistemas de TI essenciais dos hospitais devem permanecer online e não podem estar vulneráveis a ataques de hackers ou malware. Mensagens e chamadas seguras são fundamentais para manter a privacidade dos pacientes.

As soluções de voz modernas cumprem as normas regulamentares e protegem os dados sensíveis dos doentes com encriptação e firewalls. As comunicações de alta qualidade no sector dos cuidados de saúde preservam a privacidade dos pacientes, cumprindo as medidas de segurança, privacidade e anti-fraude, como os regulamentos PCI DSS, GDPR, HIPAA e gravação de chamadas.

Informações imprensa

Para mais informações contactar EDC – Design e Comunicação

Achou este artigo útil? Partilhe:
Tópicos
Artigos Mais Lidos
Subscrever newsletter
  • Este campo é para efeitos de validação e deve ser mantido inalterado.
Artigos Relacionados

Dominar a harmonia entre a vida profissional e pessoal: Estratégias para o equilíbrio

Nos últimos anos, é possível que tenha acompanhado o tema do equilíbrio entre a vida profissional e a vida privada. Uma vez que cada vez menos pessoas trabalham a tempo
Ler mais

Podcast: Impulsionar o sucesso através de parcerias com April Miller

Recentemente nomeada como CRN Channel Chief 2024, April Miller é a VP de programas de vendas globais da Mitel.
Ler mais

Os telefones de secretária ainda são relevantes no atual ecossistema de comunicações?

A pergunta sobre o papel do telefone de secretária tradicional nesse novo ambiente é inevitável - ainda acrescenta valor?
Ler mais

5 Formas De Fazer Uma Limpeza De Primavera Nas Suas Ferramentas De Comunicação

Que tal fazer uma “limpeza de primavera” às suas ferramentas de comunicação? O colaborador utiliza, em média, 17 aplicações diferentes na nuvem, três serviços de partilha de conteúdos e três ferramentas
Ler mais